projeto do mês TATTOO

Projeto do mês

Desafia-te

O Projeto do Mês é um desafio do Piranha Tattoo Studios, que pretende arriscar na conceção de “Tatuar/Amor à primeira vista”

Dirige-se a todos os amantes de tatuagens que gostem de ser surpreendidos, apreciem diferentes estilos, peças arrojadas, e com coragem suficiente para tatuarem algo que não idealizaram, nem poderão alterar, mas com que se identifiquem de forma arrebatadora desde o primeiro momento.

Pensem numa tatuagem única, irrepetível, desenhada mensalmente e de forma rotativa pelas veias criativas dos artistas, num momento inspirador de criação. 

Acrescentem a essa mistura “explosiva” um encontro inesperado com o projeto do mês através das redes sociais, associado a um desconto no preço final, e perceberão que o amor à primeira vista tem sempre um motivo (in)explicável que o justifique! 


projeto do mês | Dragão japonês | Tattoo
Nuno Pacheco


Foi exatamente o que aconteceu ao Nuno Pacheco, ao cruzar-se nas stories do instagram com um dragão inspirado no estilo japonês, do qual é incondicionalmente fã, que o @josealmeida_artista tinha concebido um mês antes do início desta pandemia!

O Nuno é natural de Guimarães, vive na Suíça, e adora tatuagens. Sobretudo por apreciar a beleza da arte/imagens no corpo e não tanto por representarem algo que se relacione com acontecimentos ou situações de vida.

É a segunda vez que tatua no Piranha Tattoo Studios, e por ser o seu estúdio de referência em Portugal, há uns anos, fê-lo deslocar-se três vezes diretamente da Suíça a Viseu para tatuar o samurai que ostenta no ombro e parte do braço.


A paixão pelas Tattoos



Sendo o seu estilo preferido o japonês, aprecia tudo o que se relacione com samurais, dragões, cobras, etc., e a ideia com que partiu para esta aventura foi a de completar uma “manga”, interligando o dragão com a outra tatuagem que havia feito anos antes. 

Tal como muitos que estarão a ler o artigo, o Nuno assumiu desde o primeiro minuto da nossa conversa, que ao ver a proposta do José Almeida se identificou de imediato com o desenho/projeto, desejando agarrar a oportunidade, independentemente de vir a ter ou não um desconto atrativo associado.


José Almeida – o Autor


O José Almeida, artista residente mais antigo do estúdio, foi o primeiro a lançar-se neste desiderato de idealizar uma obra com a qual se identificasse e que pudesse ser colocada à disposição dos clientes como “Projeto do Mês“. 

Assim nasceu o dragão nipónico, ornamentado pelo traço pessoal que o caracteriza enquanto artista, e que acabaria no antebraço do Nuno, de forma quase inesperada. 

Neste episódio de partida, podemos afirmar que, fazendo jus ao Cardume Piranha, se juntou “a fome com a vontade de comer”, tendo o nosso “Guerreiro” Nuno de Guimarães mergulhado nas profundezas dos desafios da Piranha, para se superar a si próprio, e agarrar a obra/dragão que emergiu deste projeto! 

O repto está lançado. Fica atento(a)… Quem sabe se não poderás ser o(a) próximo(a) a mergulhar nesta demanda!

__


Bite Now!


Autor: Luís Leitão

Nota do autor: Um agradecimento especial ao Nuno, pela disponibilidade e simpatia para conversar connosco, apesar dos muitos quilómetros que teve de fazer até Viseu, e de nesse mesmo dia o esperar uma maratona de horas a tatuar. 


.